Ronaldo quer audiência pública para discutir emprego

26 de julho de 2012


O vereador Ronaldo Lopes (PT) em sua fala na tribuna da Câmara Municipal na última terça-feira (24) exaltou sua preocupação com a situação em que se encontram os funcionários da antiga empresa Racco (hoje Dynamic Technologies do Brasil), após a apresentação do parecer contrário do Ministério Público para a proposta apresentada, em assembleia, pela empresa aos seus credores.

 

Neste mesmo dia o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Érick Silva, junto com os dirigentes e com os trabalhadores da empresa fizeram uso da Tribuna Livre, para lançar um apelo em defesa dos empregos desses funcionários que estão aflitos com a possível falência da empresa.

Em maio deste ano foi aprovado, em assembleia geral, este plano de recuperação apresentado pela empresa. Nessa assembleia, o vereador, o Sindicato dos Metalúrgicos, e o Secretario Municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Emerson Ferreira Domingues, apoiaram a iniciativa desta proposta.

Na sexta-feira (20) a empresa informou em reunião com os trabalhadores que o processo de recuperação judicial teve avaliação negativa do Ministério Publico, ou seja, o mesmo aconselhou a Justiça a rejeitar a recuperação, o que resultaria num fechamento da empresa e na demissão de todos seus funcionários.

 “Atualmente a empresa possui 70 trabalhadores, mas já alcançou um número de 300 profissionais. Ela possui emprego de qualidade, não deixou de pagar o salário dos trabalhadores, e ainda negociou a PLR, direito dos funcionários, junto ao Sindicato dos Metalúrgicos. O fechar da empresa além de acarretar a demissão destes funcionários será uma grande perda para o município.” Ressalta Ronaldo.

Para discutir o assunto com os trabalhadores, com as partes envolvidas e com a população, Ronaldo Lopes chamou uma audiência pública que será realizada hoje a partir das 19h, na Câmara Municipal.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *