17 de Outubro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > São Carlos tem muitos empregos nas cadeias do etanol e automotiva, por que o governo municipal não está nem aí?

São Carlos tem muitos empregos nas cadeias do etanol e automotiva, por que o governo municipal não está nem aí?

Erick Silva*

12/10/2021 09h54 - Atualizado há 5 dias Publicado por: Redação
São Carlos tem muitos empregos nas cadeias do etanol e automotiva, por que o governo municipal não está nem aí? Foto: Arquivo Pessoal

No dia 6 de outubro aconteceu o evento “Híbrido Etanol: O motor do futuro”, como escrevi na semana passada.

O debate teve representantes da iniciativa privada como os presidentes da Volkswagen, Toyota e USIMATRIX; o diretor técnico da UNICA – União da Indústria de Cana-de-Açúcar e o gerente industrial da Randon Implementos.

Representando as universidades, tivemos pesquisadores da Unesp, USP e UFSCAR, além do Centro de Monitoramento e Pesquisa da Qualidade de Combustíveis, Biocombustíveis, Petróleo e Derivados – Cempeqc-IQ/Unesp, do IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas e do Instituto Federal de São Paulo, importantes centros de pesquisa que acompanharam e apresentaram seus resultados e trabalhos em andamento a respeito dos avanços no uso do etanol como fonte de energia e seu potencial.

Os trabalhadores estiveram representados pela Federação dos Metalúrgicos de São Paulo – FEM-CUT/SP e seus 13 sindicatos da categoria filiados.

O poder público contou com o Consórcio de Prefeitos da Região Central do Estado de São Paulo, além da realização do evento pela cidade de Araraquara e a determinante iniciativa do prefeito Edinho Silva em produzir o evento.

Os resultados foram expressivos e serão amplificados no sentido do desenvolvimento da região, do estado e do país, porém um fato me deixa intrigado: Por que será que a prefeitura de São Carlos não estava nem aí para tudo isso? Aliás, nem aí, nem no evento e tampouco fazendo alguma coisa aqui em São Carlos.

É importante marcar que os trabalhadores estavam representados pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos, as universidades por pesquisadores da UFSCar, USP e IFSP, o setor industrial pelo CIESP local; mas da prefeitura ninguém, sequer um email, talvez alguém tenha acompanhado pelas redes sociais, mas não tivemos registro ou comentário.

E é claro que é importante a municipalidade participar, construímos nossas famílias aqui, moramos aqui, trabalhamos e todos querem que o povo da nossa cidade tenha expectativa de futuro, por isso me incomodo com isso e penso que todas as pessoas da nossa cidade deveriam se incomodar.

Se você não trabalha na cadeia do etanol ou automotivo, sabe bem que os recursos desses dois setores fazem crescer o comércio e os demais ramos da economia da cidade, então é problema de todos, mas pelo jeito, prefeito, vice, secretários e representantes do governo municipal “não estão nem aí”, e nem aqui!


*Erick Silva  - Cientista Social / Mestre em Políticas Públicas.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x