Política

SP-318 tem fluxo para duplicação diz Artesp

• Bookmarks: 2


Rodovia SP 318Na busca pela duplicação da rodovia SP-318 (Thales de Lorena Peixoto Junior), a reportagem do jornal Primeira Página apurou junto aos órgãos estaduais de transporte qual o fluxo de veículos do trecho entre São Carlos e Ribeirão Preto, para que se justifique uma urgência para que seja duplicada.

De acordo com dados da Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos e Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), a SP-318, que liga o município de São Carlos (km 235) a Rincão (km 280), é administrada pela concessionária Autovias.

De acordo com o contrato de concessão (pelas normas internacionais vigentes) a via não deve ultrapassar 50 horas/ano com nível de serviço. A via hoje apresenta nível de serviço acima desse padrão. O Volume Diário Médio (VDM) da SP-318 está em 1.900 veículos por faixa. Estima-se que uma faixa de pista simples tem capacidade para fluxo de aproximadamente 1.700 veículos por hora.

Este dado significa fluxo carregado e baixa fluidez. Quando ultrapassar esse nível, a concessionária deverá ampliar sua capacidade de tráfego, o que pode ser feito tanto pela duplicação, quando por outras obras, dependendo do local e das causas dos congestionamentos.

Segundo dados apurados na concessionária Autovias, responsável pela manutenção da rodovia SP-318, o VDM do trecho entre São Carlos e Ribeirão Preto oscila em torno de 3.500 veículos/dia. Próximo dos dias pontas onde se encontram as cidades, o fluxo tende a crescer por conta da região circunvizinha.

ALCKMIN – Durante a visita de governador Geraldo Alckmin (PSDB) a Araraquara na última quarta-feira, o governador foi indagado sobre a duplicação da SP-318 no trecho até Ribeirão Preto. “A duplicação é feita de acordo com o registro de aumento de tráfego de veículos. Para o Estado existem quatro fases. Na primeira, uma pista simples pavimentada, sem acostamento. Aumentou o número e veículos, cria-se o acostamento. Quando há um fluxo ainda maior, colocam-se faixas adicionais. Quando o tráfego extrapola essas expectativas, a Secretaria de Transporte duplica. Eu não me lembro do VDM, mas assim que atingir o nível estabelecido, a rodovia será automaticamente duplicada”, declarou.

Ao ser questionado se o número de acidentes naquele trecho da rodovia não justificaria a duplicação, Alckmin afirmou que um estudo sobre acidentes nas estradas está sendo desenvolvido pelo governo. “Estamos analisando se os acidentes são por falta de duplicação ou se é caso de engenharia, como por exemplo, curvas fora do parâmetro ou acesso nas rodovias. Eu vou verificar qual é o caso que afeta a SP-318”.

Segundo dados relativos ao número de acidentes ocorridos na SP-318, compreendendo os quilômetros 235,4 até o 280, entre os municípios de São Carlos, Américo Brasilense, Santa Lúcia e Rincão, a Polícia Rodoviária Estadual revela que ocorreram 28 acidentes com vítimas e até março de 2011, já tinham sido registradas 12 mortes.

Veja quadro ao lado, com os números de acidentes da rodovia nos dois últimos anos. {jcomments on}

2 recommended
comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *