01/05/2019

1 de maio de 2019


APREssadinhos
Coca Ferraz continua obrando pelas ruas de São Carlos com a sua vasta equipe. A sucessão de erros e despejo de dinheiro público, desta vez, ocorre no bairro Cidade Jardim. Na Alameda dos Crisântemos, fizeram uma ‘salada de batatas’ na sinalização de solo do Pare (saiu um APRE, talvez de APREssadinhos, quem sabe). A sequência de absurdos prossegue com a sinalização de ruas esburacadas. É dinheiro público saindo pelo ralo. E depois reclamam que o orçamento público está espremido. Com o pouco de dinheiro, Coca Ferraz faz aquilo que entende bem: barbeiragens.
Cobrança
Em certa ocasião, a Prefeitura prometeu cobrar a empresa de sinalização quanto ao desperdício de dinheiro público. No Maria Stella Fagá, por exemplo, fizeram a mesma coisa. Será que a Prefeitura está sem moral alguma com a empresa? Ou a empresa está ansiosa demais por fazer serviço e receber?
Contratação
Por dispensa de licitação, a Prefeitura de São Carlos pretende contratar a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para elaborar o Plano de Gestão Integrada de São Carlos.
Coleção
Com todo o respeito ao vereador Malabim (PTB), mas o edil elaborou uma lei que seguirá para a coleção de inutilidades produzidas pelo Legislativo. O que diz a lei? Que as casas lotéricas deverão instalar bebedouros de água (ufa! Que bom que é de água) para os frequentadores dos estabelecimentos.
Vamos combinar!
O gesto deveria partir do lotérico e não uma imposição da lei. Se a lei da fila dos bancos foi um fiasco em São Carlos – e o descumprimento é flagrante – imagine essa proposta do vereador.
Nem tudo está perdido
Na semana passada, houve uma audiência na Câmara. Foi um balanço dos atendimentos da Secretaria de Cidadania e Assistência Social. Na cidade, 7,6 mil pessoas são atendidas pelo Bolsa Família.
Violência
Outro dado alarmante: em 2018, 81 crianças vítimas de abuso sexual foram atendidas pelo município – quatro foram vítimas de exploração sexual e 49 vítimas de negligência ou abandono.
Idosos
Os nossos idosos não escapam da violência, infelizmente: 85 foram vítimas de agressão, por exemplo, cometidos por membros da família; 179 foram vítimas de abandono.
Desabafo
Funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cidade Aracy dizem que quase 90% dos atendimentos poderiam ser resolvidos nas Unidades Básicas de Saúde. Essa conversa saiu na reunião de segunda-feira, que discutiu o cartão refeição do funcionalismo.
Abuso
Nessa mesma reunião, saíram algumas informações relevantes. Tem comerciante que vende até cerveja pelo cartão-refeição Greencard, o que é proibido. E o comerciante não fica no prejuízo. Cobra um ágio sobre a venda, segundo relatos de pessoas que estavam no encontro. O nome do estabelecimento não foi revelado.
Abuso II
Outro abuso: um açougue de São Carlos (também não foi revelado o nome) costuma a comprar os créditos dos trabalhadores, cobrando um percentual sobre a transação. A Prefeitura e a Greencard estão de olho nos espertinhos, com a possibilidade de descredenciamento.
Que faaaseee!
Os vereadores Robertinho Mori e Rodson Magno (PSDB) e Elton Carvalho (PSB) passaram a navalha na carne, ou seja: criticaram a Câmara. Segundo eles, alguns funcionários, em especial os patrulheiros, agem com desdém e descaso no trabalho legislativo.
Nas nuvens
Segundo os mesmos vereadores, os aprendizes não dispensam os fones de ouvido e telefones. Muitos, sequer, sabem o nome dos parlamentares.
Magoei
Lucão Fernandes (MDB) disse que ficou desapontado com os vereadores, pois os assuntos internos não deveriam ser expostos na tribuna. E que esteve sempre de portas abertas ao diálogo.
Deu mer…
O vereador Rodson estava aborrecido como o SAAE. De acordo com ele, muitos bairros ficaram sem água em função da ruptura de uma adutora no centro e o “presidente do SAAE não atendia aquela bosta de celular”.
Deu ruim
De acordo com o vereador Sérgio Rocha (PTB), a UPA Aracy está uma imundície, com medicamentos jogados pelos cantos e fezes de pombos. “A Saúde está desorganizada e sem gestão”, protestou o parlamentar. “São Carlos está na hora de pegar outro rumo”, completou.

comments icon 1 cometário
bookmark icon

One thought on “01/05/2019

    Write a comment...

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *