31 de Outubro de 2020

Dólar

Euro

Torpedos

Jornal Primeira Página > Notícias > Torpedos > Agenda positiva 1

Agenda positiva 1

24 de Janeiro de 2012 às 12:36 Publicado por: Redação
Agenda positiva 1

Ao anunciar o call center que vai gerar 1.700 empregos e participar de reunião com diretores do Grupo Savegnago, o prefeito Oswaldo Barba mostra que pretende montar uma agenda positiva visando sua reeleição em 7 de outubro.

 

Agenda positiva 2

É inegável que ter a Prefeitura nas mãos, um grande time de partidos e grandes lideranças, além da possibilidades de gerar fatos, pode ajudar muito. Por outro lado, não há como não pagar o ônus de 12 anos de poder.

 

Gol contra

Por outro lado, Barba tem a oposição que pediu a Deus. Com muita preguiça e nenhuma ação efetiva, tucanos e demistas parecem acreditarem Papai Noel.Seráque eles acham que Barba vai lhes dar o governo municipal de presente?

 

Mágica

E assim, os petistas conseguem,em São Carlos, a mágica de vencer eleições em um município onde dois terços do eleitorado preferem votar nos tucanos. É um caso para estudos e teses de pós-graduação.

 

Deixa para ele…

Nesta semana, Airton Garcia mudou de tática. Dentro da aliança firmada entre ele e Paulo Altomani, ele afirmou que não existe briga para definir quem deseja ser o candidato a prefeito. “Na verdade, eu prefiro que o nome seja o dele para concorrer como prefeito. E ele prefere que seja ele”.

 

Supersalários 1

A Prefeitura de Araraquara concluiu nesta quinta-feira (19) uma sindicância que investiga médicos e outros servidores da área da saúde por supostamente receber “supersalários” e acumular horas extras.

 

Supersalários 2

Seis dos nove funcionários investigados teriam recebido pagamentos irregulares entre 2007 e 2008 e foram considerados culpados. A sindicância não obteve nenhuma conclusão sobre os outros três.

 

Supersalários 3

O processo investigou servidores que recebiam acima do teto permitido pela legislação, baseado no salário do prefeito, que na época girava em torno de R$ 10 mil. "Tinha médico que recebia R$ 35 mil, R$ 40 mil", afirmou o secretário de Negócios Jurídicos Ricardo dos Santos. Além do salário acima do previsto, eles também cumpriam jornadas irregulares de trabalho.

 

Supersalários 4

Ainda em tramitação na Justiça, a ação pública não tem data para ser concluída, pois ainda está em fase de produção de provas e recolhimento de depoimentos de testemunhas.

 

Punições

O processo prevê punições que vão desde demissão do cargo ocupado até devolução de dinheiro aos cofres públicos – uma vez que alguns dos culpados já não prestam mais serviço às unidades de Saúde da prefeitura.

 

Gastança 1

O Senado vai gastar ao menos R$ 38,5 milhões por ano com o pagamento de uma gratificação a servidores que tiverem especialização acadêmica. A Casa não informou quantos funcionários serão contemplados.

 

Gastança 2

O benefício vale para quem apresentar a comprovação de cursos de graduação (para aqueles cujo cargo exige apenas o ensino médio), pós-graduação, mestrado e doutorado, além de treinamentos internos com carga horária mínima e experiências profissionais de gerenciamento.

 

Gastança 3

O percentual do adicional varia de caso para caso, com um teto de 30% do vencimento básico do servidor. Ele segue uma pontuação definida a partir dos cursos apresentados, que precisam de autorização do Ministério da Educação, sendo que cada caso representa uma quantidade de pontos.

 

Gastança 4

Segundo o Senado, a gratificação também é paga em outros órgãos como Supremo Tribunal Federal, Câmara dos Deputados e o Tribunal de Contas da União. O gasto mensal com a gratificação é de R$ 2,9 milhões, mas o valor é ainda maior no cálculo anual, já que o benefício também entra no 13º salário dos servidores.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x