21 de Outubro de 2020

Dólar

Euro

Torpedos

Jornal Primeira Página > Notícias > Torpedos > Meia bomba

Meia bomba

27 de Dezembro de 2011 às 09:02 Publicado por: Redação
Meia bomba

E ontem o ritmo políticoem São Carlosfoi de “meia bomba”. Vários vereadores se ausentaram de seus gabinetes. Mas houve político que deu o ar da graça, sim.

Airton Garcia

Um dos políticos que esteve na cidade e deve passar por aqui o final de ano é o pré-candidato do DEM, Airton Garcia. Para variar, ele foi visto no Café Dona Júlia.

Serafim 1

O presidente da Câmara, Pedro Serafim Júnior (PDT), reassumiu oficialmente a Prefeitura de Campinas, às 10h30, nesta segunda-feira (26), em cerimônia rápida de posse na sala de presidência do Legislativo.

Serafim 2

O pedetista comandará o Executivo por até 90 dias, tempo que Thiago Ferrari (PTB), primeiro vice-presidente e que também tomou posse da Câmara, tem para convocar a eleição para o mandato-tampão.

Oficial

O afastamento oficial de Vilagra foi publicado no Diário Oficial do Município divulgado nesta segunda-feira, cinco dias depois da cassação de Vilagra na Câmara, por 29 votos a4. Adefesa do prefeito afastado, deve protocolar o recurso para tentar anular a decisão, a partir de 9 de janeiro, quando termina o recesso do Judiciário. 

Beto Perin 1

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Analândia, José Roberto Perin, o “Beto Perin”, ficou ferido após um acidente na noite da véspera de Natal, quando vinha de Rio Claro para comemorar o Natal com a família.

Beto Perin 2

Segundo Perin, pouco antes do trevo de entrada de Analândia, em uma curva, ele perdeu o controle do carro por causa da água na pista. O veículo saiu da rodovia e bateu em algumas árvores. O carro ficou destruído, mas ele teve apenas um corte na cabeça.

Beto Perin 3

Beto Perin, que foi prefeito de Analândia por várias vezes afirmou ainda que as condições da estrada são péssimas, com buracos, mato alto e falta de acostamento.

Polêmica 1

E mais uma polêmica segue em curso no Brasil.  O novelista Aguinaldo Silva disse que concorda com o ex-BBB e agora deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Polêmica 2

Wyllys afirmou em entrevista à Folha de S. Paulo e ao UOL que deveria haver lei para punir instituições religiosas que atacam homossexuais e que promovem programas de “recuperação” ou “cura” da homossexualidade.  “A afirmação de que homossexualidade é uma doença gera sofrimento psíquico para a pessoa homossexual e para a família dessa pessoa”, disse o deputado.

Polêmica 3

O autor da novela das 21h, “Fina Estampa”, escreveuem seu Twitter: “Concordo com Jean Wyllis: instituições que dizem curar gays devem ser processadas por estelionato”.  “Eu, por exemplo, conheço vários gays que disseram estar ‘curados’. O problema é que todos eles tiverem recaídas. E também conheci vários heteros que disseram: ‘Dessa água não beberei!’ Mas beberam”, ironizou Silva.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x