Torpedos

Moisés Lazarine, o inaugurador de placas, concorre ao prêmio Chatolino 2019. Leia a Coluna Torpedos


TROFÉU “CHATOLINO”

O vereador Moises Lazarine concorre ao troféu chatolino de 2019. Pelo menos é a piada que corre pelos corredores da Prefeitura. O parlamentar é inconveniente, insistente. Fica perturbando o secretariado até mesmo na saída do elevador. E outra pratica muito feia do vereador é perguntar onde ocorrerá alguma ação da Prefeitura e em seguida apresenta oficio solicitando as obras. Assim, ele tenta vender uma imagem do bonzão que tudo consegue.

MENTIRA

Porém as “obras” conseguidas por Moises Lazarine e apresentada com ênfase em seu perfil nas redes sociais não passam de mentiras produzidas. Ele utiliza o artificio mais baixo possível para aparecer. É o caso da iluminação da rotatória da Educativa, implantações de faixas de pedestres e placas de sinalização, entre outras. Se toca vereador!

E POR FALAR EM PLACAS

Aqui em São Carlos Moises Lazarine consegue superar qualquer especialista em marketing político. Ele cria até postagem “inaugurando placas de sinalização” e com um slogan supimpa: Moisés passou por aqui! Agora só falta ele inaugurar uma placa de “Poledance”. Imagina o vereador em performance.

BÍBLICO

Lazarine, que de bobo não tem nada, já mandou até mudar os livros de história. Está em plena confecção a placa para ser colocado no Mar Vermelho: “Moisés passou por aqui”.

RACHADINHA

Tem vereador de São Carlos que precisa explicar melhor o que é a “rachadinha”.

REUNIÃO

Wander, o japa do Exagerado, estava em reunião com Lucão Fernandes e Netto Donato. Em pauta a volta do comerciante ao PSDB.

PUXA SACO

Mas logo após o encontro na sala da presidência, Wander foi puxar o saco de Leandro Guerreiro. Engraçado né!

O SENHOR DA RAZÃO

Tempos atrás o dono do Exagerado atacava Guerreiro, chamando de populista e “vereadorzinho picareta”. .Hoje só falta ajoelhar aos seus pés. Como a politica é dinâmica.

CREDIBILIDADE

Nos últimos anos o evento Hallel da Igreja Católica tornou-se uma referência na cidade e região, com a participação de milhares de pessoas nos eventos religiosos e culturais. 

NOVIDADES

Esse ano haverá no dia 3 de Novembro a Missa do Padre Robson, do Santuário do Divino Pai Eterno. A missa será Praça do Mercado. Os organizadores estão montando uma megaestrutura para garantir a segurança dos participantes do evento.

APOIO

A Polícia Militar e a Guarda Municipal, por determinação do prefeito municipal, irão dar apoio total no evento. Como diria o Secretário de Governo Edson Fermiano: “Está indo tudo muito bem

 INCOERENCIA

A Praça do Mercado já foi palco esse ano de shows com mais de 20 mil pessoas. Tem um cargo de confiança querendo atrapalhar um evento deste, mas em anteriores fez até matérias falando do esquema de segurança.

CONGESTIONAMENTO

Caso você queira sentir a sensação de estar em um congestionamento semelhante a da Marginal Tietê, basta transitar pela rua Miguel Petroni, na região do Santa Felícia, por volta das 18h30. Isso ocorre após a instalação de semáforos na rotatória do Tonin.

ANIVERSÁRIO

Quem comemorou mais um aniversário foi o competentíssimo Coordenador Pedagógico do La Salle e Diretor da Escola Mult Sport, Fabio Teixeira Picolo. Ele continua seguindo os passos de seu pai Professor Ulisses e realizando vários projetos na área esportiva e social.

FALTA DE CRITÉRIO

A Secretaria de Fazenda, mesmo com o excelente trabalho do Secretario Mario Antunes, precisa de uma maior estrutura predial e um número maior de assistentes administrativos e fiscais para atenderem toda a demanda da pasta.

IMORAL

Tem uma assessora do prefeito que é mais vista trabalhando com um Secretario Municipal do que seu posto de trabalho. Além disso, ela acompanha o ilustre Secretário em todos os eventos. Que coisa feia, se toca garota!

ARDÊNCIA

Tem Secretário Municipal e cargo de confiança com a orelha ardendo após tomarem conhecimento que poderão ser indiciados por improbidade administrativa pelo Ministério Público. É melhor certas pessoas pegar suas trouxas e ir embora pela faixa azul de pedestre.

CHORÃO

O Secretário “Inoperante” da Prefeitura Municipal anda chorando pelas paredes do Paço Municipal. Quando o “Inoperante” marca reuniões, nenhum Secretario aparece. Só ele não percebeu que os projetos e obras estão sendo tocadas pela Prohab.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *