Torpedos – 09/03/2012

8 de março de 2012


Moda estranha

Em São Carlos parece que os nervos estão à flor da pele. E parece que também virou moda as pessoas baterem em repórteres. Estas pessoas precisam se tocar que se força bruta resolvesse alguma coisa, o presidente da República seria Maguila ou o Anderson Silva do UFC e não a Dilma.

 

A força

Na verdade, o que deve valer numa sociedade é a força do argumento e não o argumento da força. Ou então estamos todos convidados a voltar ao tempo das cavernas, quando o “Homem de Neanderthal” era o mais forte.

 

Lei da natureza

Porém, mesmo sendo mais forte que o “Homo Sapiens”, o “Homem de Neanderthal” foi derrotado e extinto. Isso porque também na natureza vale não o mais forte, mas sim o mais sagaz, o mais inteligente.

 

Papel nobre

A imprensa, queiram ou não, faz o papel de voz e olhos da sociedade. Sem uma imprensa livre, um país está condenado ao atraso e à miséria. Então, vamos pensar dez vezes antes de agredir um repórter. Afinal, ele está registrando os fatos (que, é verdade, nem sempre nos agradam) porque este é SIMPLEMENTE, o seu trabalho!!!

 

Investigando 1

O vereador Equimarcilias de Souza Freire (PMDB), protocolou, na última segunda feira, 5, um requerimento encaminhado para o Presidente da Câmara Municipal de São Carlos, Edson Fermiano (PR), pedindo cópia do processo de afastamento do vereador José Luis Rabello (PSDB) em 2010 para assumir uma função junto à Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

 

Investigando 2

No documento, Freire ainda pede que envie comprovantes da respectiva nomeação seguida de cópia da publicação do Diário Oficial do Estado que possa ratificar tal nomeação.

 

Sherlock Holmes

O que será que o vereador Freire estaria investigando. Será que ele pensa que o seu colega tucano não se afastou regularmente e não trabalhou na Secretaria de Estado doe Meio Ambiente? Afinal, meus caros: perguntar não ofende!!!

 

Congresso dos Municípios 1

E será realizado, de 13 a 16 de março, em São Vicente (SP), o 56º Congresso Estadual dos Municípios destinados a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para discutis os principais temas da política atual. O evento é realizado pela Associação Paulista dos Municípios.

 

Congresso dos Municípios 2

Verdade seja dita – para quem vai a congressos como este com o objetivo de debater, estudar e trocar experiências, ele, sem dúvida é uma experiência fantástica.

 

Distorção

Infelizmente, o problema é que grande parte, se não a maioria dos participantes, vão mesmo é curtir uma boa praia e outras coisas impublicáveis. Uma pena…

 

São Carlos fora

Outra verdade tem que ser dita. Há muitos anos o Poder Legislativo de São Carlos deixou de bancar viagens de vereadores para congressos como este. Mas, há 20, 30 anos, era comum vereadores da região saírem branquinhos de suas cidades e voltarem bronzeados de tanto “estudar” e “debater”. Arre!!!

 

 

PEC do Diploma 1

Com o envio de uma série de Medidas Provisórias do governo ao Congresso Nacional, a votação em 2º turno da PEC dos Jornalistas no Senado ainda está indefinida.

 

PEC do Diploma 2

A Fenaj e os Sindicatos de Jornalistas prosseguem com a mobilização em Brasília para agilizar a tramitação da matéria e buscarão alternativas para o cumprimento do acordo de lideranças para a votação da proposta neste início de 2012.

 

PEC do Diploma 3

Na tramitação legislativa, a votação de Medidas Provisórias é priorizada e tranca a pauta de votações. Mas, conforme o presidente da Fenaj, Celso Schröder, isso não quer dizer que outras matérias não possam ser apreciadas.

 

PEC do Diploma 4

Dirigentes da Fenaj e dos sindicatos prosseguem no revezamento semanal de acompanhamento dos trabalhos do Congresso Nacional e contatos com líderes partidários e com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma.

 

Projeto de Lei

Juntamente com o movimento pela votação da PEC dos Jornalistas no Senado, a Fenaj trabalha pela evolução da tramitação do projeto de lei 2960/11, que propõe um piso nacional para a categoria, e do projeto de lei 1078/11, que estabelece a federalização da apuração de crimes contra jornalistas.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *