Torpedos – 11/03/2012

10 de março de 2012


Última hora 1

Pelo jeito, as grandes decisões da política são-carlense vão ficar mesmo para as últimas horas do último dia. Até lá todos vão ter que definir em que posição vão jogar, a favor e contra a este ou aquele.

 

Última hora 2

Estão neste barco tanto o Partido Verde, quanto o PSD, mais conhecido como “Partido do Kassab”. Os verdes vão ameaçar com candidatura própria até os 48 do segundo tempo para depois fechar o apoio a algum dos dois grupos hegemônicos, um liderado pelo PT e outro pelo PSDB. O resto é conversa mole.

 

Prefeito? Não senhor!

E quem não quer nem ouvir falar de lançarem seu nome para concorrer à sucessão de Oswaldo Barba é o vereador Normando Lima (PV). Ele garante que se o PV tiver candidato próprio, não será ele que liderará a chapa.

 

Airton x Lobbe

Pelos lados da oposição, existe um duelo claro entre o empresário Airton Garcia (DEM) e o presidente do PSDB, Lobbe Neto. Airton prefere Altomani para compor a chapa de oposição, mas Lobbe aglutina mais apoio.

 

Vice

Pelos lados da corte, o problema é o candidato a vice-prefeito. Barba sabe que tem que contentar o PMDB sem deixar os demais aliados insatisfeitos, o que é um denominador comum muito complicado para administrar dentro de uma “Arca de Noé” que é o seu governo.

 

Contra o aumento 1

A Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), em conjunto com o Ciesp e a OAB – Regional Ribeirão Preto (OAB), iniciou ontem, sábado, uma nova etapa da campanha contra o aumento do número de vereadores na cidade.

 

Contra o aumento 2

As entidades montaram no calçadão – rua General Osório com Álvares Cabral – um posto de coleta de assinaturas para o abaixo-assinado, que precisa de 30 mil adesões para poder ser encaminhado à Câmara Municipal.

 

Contra o aumento 3

“A Acirp patrocinou, com o apoio da Fundace, uma pesquisa que mostrou que 92% da população consultada é contra o aumento do número de cadeiras na Câmara Municipal.

 

Contra o aumento 4

Dada a relevância do resultado, a entidade colocou toda sua infraestrutura à disposição na coleta das assinaturas necessárias, para que se faça cumprir a vontade da população”, afirma o secretário executivo da Acirp, Antonio Luiz de Oliveira.

 

Contra o aumento 5

Mesmo quem não estiver com o título de eleitor pode assinar o documento, basta fornecer sua data de nascimento e o nome completo da mãe. As informações do título serão pesquisadas posteriormente pela entidade, para completar o formulário. O posto de coleta funcionará das 9h às 18h nos dias úteis, e aos sábados das 10h às 14h.

 

Dançou

As Câmaras Municipais que deixaram para adequar o número de cadeiras neste ano vão enfrentar muitos protestam. Em São Carlos o assunto foi resolvido no ano passado, para alívio de muitos e aumentou de 13 para 21 o número de cadeiras no Legislativo.

 

Haddad x Serra

O pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou na sexta-feira (9) que falta “traquejo com a educação” para o ex-governador José Serra (PSDB) e que o tucano “parece viver em outra dimensão”.

 

Artigo

Em artigo publicado no jornal “Estado de S. Paulo” na quinta-feira (8), o pré-candidato do PSDB afirmou que o Enem é um “festival de trapalhadas, injustiças, arbitrariedade, subjetivismo e falta de critério na correção das provas”.

 

Quinta dimensão

Para Haddad, “enquanto a comunidade internacional celebra os feitos do Brasil, o candidato [Serra] parece viver em outra dimensão”. Segundo o ex-ministro da Educação, Serra tem adotado uma atitude de “oposição sistemática desde a posse” do ex-presidente Lula.

 

ProUni

Haddad lembrou que o DEM, aliado do PSDB, ajuizou ação no Supremo Tribunal Federal contra o ProUni, programa implementado durante o governo Lula e que tem altos índices de aprovação. O petista também criticou a gestão do PSDB no Estado de São Paulo, governado pelos tucanos desde 1995.

 

20 anos

“Ele [Serra] disse [em seu artigo] que o Brasil está atrás de Chile, Uruguai e México [nos indicadores da educação]. Só que São Paulo também está, e faz 20 anos que é governado pelo PSDB. Sendo que o Estado de São Paulo tem renda per capita maior que a desses países, enquanto o Brasil tem renda inferior”, disse Haddad. Ao final, o petista concluiu: “Então penso que é falta de traquejo com a educação”.

 

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *