Sexta-feira, 20 Outubro 2017  10:27:53

Polícia Civil prende dupla e esclarece homicídio

Após a pratica do crime, dupla foi presa na cidade de São Carlos onde vieram pedir por refugio e se esconder Após a pratica do crime, dupla foi presa na cidade de São Carlos onde vieram pedir por refugio e se esconder (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Policiais civis da cidade de Ibaté, sob comando do Delegado de Polícia Wilton Gonçalves Garcia Filho, esclareceram na manhã desta quarta-feira, 11, o crime de homicídio ocorrido contra Robinson José da Silva, 39 anos, na madrugada da última terça-feira, 10, no estacionamento de um restaurante que fica localizado às margens da rodovia Washington Luís (SP-310) no bairro Encanto do Planalto.

O motorista de uma van que passava pelo local, ao presenciar o fato correu até o Albergue Municipal que fica nas proximidades de onde ocorreu o crime, e informou o ocorrido a um Guarda Municipal que estaria de trabalho na unidade pública, onde um apoio foi solicitado junto a uma viatura da GM, e na chegada da equipe Robinson foi encontrado desacordado e com o corpo queimado ao lado de um pedaço de pedra utilizado para as agressões, onde ao ser socorrido por uma ambulância do município até o Hospital Municipal Hermínia Morganti, o rapaz acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito.

Após o crime, a equipe da Delegacia da Polícia Civil da cidade de Ibaté iniciou os trabalhos investigativos e em rápida resposta à sociedade ibateense, os investigadores conseguiram identificar ambos os acusados e a autoridade policial representou pela prisão temporária de ambas as partes, onde ao ser deferida pelo Judiciário, a equipe se deslocou até a cidade de São Carlos, e com apoio da equipe da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), logrou êxito na detenção da dupla que teria empreendido fuga para a cidade vizinha.

Aos serem indagados pelo delegado de polícia, as partes alegaram que realizavam o consumo de entorpecentes frequentemente junto com a vítima pelo local onde ocorreu o crime, e em datas anteriores uma discussão acabou ocorrendo entre o trio, sendo que Robinson passou a ameaçar a dupla, e acabou ateando fogo nos pertences de um dos acusados e matando queimado uma ninhada de gatos que estava próximo aos objetos.

Devido a atitude do rapaz, a dupla se uniu e resolveram se vingar de Robinson, que em nenhum momento parou de realizar ameaças contra ambos, que acabaram então cometendo o crime.

O acusado de 28 anos, alegou que primeiramente a dupla passou a agredir o rapaz com socos e chutes na cabeça, porém no meio das agressões, o indivíduo avistou uma pedra e acabou desferindo alguns golpes contra o peito da vítima, que ficou desacordado no solo, sendo que em ato continuo o indivíduo acabou ateando fogo no corpo de Robinson e empreendeu fuga do local na companhia de seu comparsa.

Diante dos fatos, a versão dos acusados foi registrada em Boletim de Ocorrência e após a dupla foi transferida para o Centro de Triagem da Cadeia Pública de São Carlos/SP, onde permanecem a disposição da Justiça.

De acordo com o apurado, tanto a vítima como a dupla de acusados já possuem antecedentes criminais.

Última modificação em Quarta, 11 Outubro 2017 18:07

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.