Sábado, 24 Fevereiro 2018  18:16:12

Fausto Longo agradece Azuaite o título de Cidadão São-carlense

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

O senador italiano, Fausto Guilherme Longo, esteve em São Carlos ontem (7) para receber o título de Cidadão Honorário de São Carlos, fato que ocorreu durante a noite. Um pouco antes, à tarde, ele esteve no Centro do Professorado Paulista (CPP), onde conversou com a imprensa e agradeceu o vereador Azuaite Martins de França (PPS) pela honraria.

 

Longo disse que agora quer ajudar ainda mais São Carlos. “Quero agradecer meu amigo Azuaite pelo título e agora tenho uma dívida ainda maior com São Carlos”, observou.

Durante a conversa com a imprensa, Longo explicou que esse ano concorre ao cargo de deputado, sendo uma inversão em sua chapa pelo Partido Democrático (PD), coalizão de centro-esquerda que é alinhada com a socialdemocracia europeia.

A América do Sul tem direito a eleger dois senadores e quatro deputados e a eleição será realizada agora via Correio, sendo que as pessoas aptas a votar devem receber suas cédulas até o dia 15 de fevereiro e enviar até o dia 25, para que possam chegar ao consulado italiano no prazo e depois encaminhadas para a Itália, sendo que o resultado deve ser apresentado até o dia 8 de março. “Hoje temos 5 milhões de eleitores fora da Itália, pois existe a transmissão de sangue da cidadania e o direito de representação e participam com votos em candidatos desde a eleição de 2006”, afirmou.

Sobre a democracia, Longo disse que a Itália é um país que tem que servir de exemplo e que ele tem ajudado a combater a ascensão de grupos fascistas. “O risco da intolerância não é bom para a humanidade, democratas e socialistas devem agir para que o ser humano possa buscar seu desenvolvimento, sua felicidade, não podemos falhar em buscar dar dignidade para as pessoas, não podemos permitir a divisão de classes e a subtração de direitos das pessoas”, ponderou.

Longo lembrou que em qualquer lugar do mundo tem uma pessoa descendente de italiano e é possível encontrar um produto fabricado no país, ao falar da imigração. “Não é possível que a Itália feche suas fronteiras para os imigrantes, o país tem que ser um polo agregador, sendo que o único recurso à disposição deve ser à solidariedade”, enfatizou. “Em qualquer lugar do mundo que você vai, sempre encontra um produto italiano”, completou.

Empresas

 

Arquiteto e urbanista, Fausto Guilherme Longo, de 66 anos, é mestre em tecnologia e planejamento habitacional. Já exerceu diversas atividades comerciais e políticas antes de assumir uma cadeira no Parlamento Italiano, em 2013. De lá para cá, Longo recebeu várias homenagens e condecorações, entre elas, o Título de Cavaleiro da Ordem de Estrela da Solidariedade Italiana, concedido pelo Governo Italiano àqueles descendentes que tenham prestado serviço pelo engrandecimento de alguma comunidade.

 

Como parlamentar, Longo promoveu diversos encontros culturais, econômicos e comerciais entre Brasil e Itália. Dentro do projeto Brasil Próximo – um programa de cooperação internacional que visa aproximar cada vez mais regiões italianas e brasileiras, Fausto Longo está viabilizando, em um trabalho conjunto com o italiano Giampiero Rasimelli, diretor do programa, a vinda de duas empresas italianas para São Carlos: Úmbria Package – máquinas de empacotamento de açúcar, cereais etc., e Solfer, indústria de catalisadores e escapamentos de carros e motos.

Também durante as chamadas missões, que são as visitas realizadas pelos parlamentares aos ítalo-descendentes que representam, Fausto Longo esteve diversas vezes em São Carlos para ouvir as demandas da comunidade. No último dia 29 de janeiro, uma comitiva da Itália esteve no Brasil para assinar um acordo de cooperação entre a Úmbria e o estado de São Paulo que prevê parcerias nas áreas social, científica, cultural e de educação para a capital e também para o interior. “Estamos muito otimistas quanto aos resultados que este acordo de cooperação técnica pode trazer para os italianos e ítalo-descendentes que vivem aqui, e também para aqueles que tiverem sua cidadania reconhecida no futuro. Com certeza é uma troca de tecnologia e conhecimento que terá benefícios tanto para o Brasil, quanto para a Itália”, analisa Longo.

Ligação com São Carlos

 

 A ligação de Fausto Guilherme Longo com São Carlos teve início com a vinda de seus ascendentes para cá. Em 1892, o escultor Cândido Longo, bisavô de Fausto, saiu de Saletto, comuna da região de Vêneto, na Itália, ao lado da esposa Antonia Longo e dos cinco filhos. Depois de chegar ao Brasil, Terra em que não se podia pisar antes de passar pela Imigração (eles tinham que passar por uma tábua), Cândido veio com a família direto para São Carlos, onde atuou como trabalhador braçal nas lavouras de café, assim como tantos outros tantos imigrantes italianos que chegaram ao país logo após a Abolição da Escravatura (1888).

E foi na Fazenda do Pinhal que Cândido Longo viveu por muitos anos, ganhando ferramentas, alimento e moradia em troca de trabalho. O talento como escultor sempre o acompanhou e após algum tempo no Brasil, conseguiu montar uma marmoraria em Amparo (SP). Assim como na Itália, Cândido esculpia imagens de santos para igrejas, profissão que inspirou o filho caçula, Santo Giuliano Longo (avô de Fausto Guilherme Longo), que havia desembarcado no Brasil com 7 anos.

 

Santo Giuliano Longo casou-se com a italiana Brigida Rinaldi, vinda da Bréscia, comuna italiana da região da Lombardia, com quem teve nove filhos, entre eles, Fausto Longo (pai do parlamentar), que deu sequência ao ofício da família, produzindo também esculturas para túmulos, especialmente anjos, conforme os costumes da época.  A habilidade com as mãos e a perspicácia nos gestos e nas medidas foram transmitidos de geração em geração e se revelam em diversas formas pelas mãos de Fausto Guilherme Longo, que além de arquiteto, também é cartunista e um dos idealizadores do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. (*com assessoria de imprensa)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Bogas

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.