Segunda-feira, 15 Outubro 2018  22:08:51

“Eu fui a mulher traída e só levei ferro”, afirma Ademir

  • Escrito por  JEFERSON VIEIRA

Durante o depoimento Ademir Souza e Silva disse que foi a “verdadeira mulher traída e que só levou ferro” do prefeito Airton Garcia.

Souza e Silva afirmou que estava procurando ajudar o prefeito e auxiliá-lo para não cometer irregularidades, mas se sentiu traído pelo prefeito quando recebeu a informação que a empresa de ônibus seria devolvida para os proprietários.

O ex-secretário afirmou que, por ordem do prefeito, foi alugar cerca de 30 ônibus em São Paulo e na sua ausência, cerca de 4 dias, o secretário Edson Ferraz e Edson Fermiano e o atual secretário de Transporte negociaram o retorno da Suzantur.

“Estava em São Paulo quando fui informado desta negociação. Eu havia feito o aluguel dos ônibus, havia dado uma entrevista autorizada pelo prefeito e quando fui para fechar o acordo em São Paulo e conseguir mais 20 ônibus novos o Richard me ligou dizendo que estavam falando que iriam devolver a empresa”, contou. “Me senti uma mulher traída e levando ferro”, concluiu.

Ademir disse ainda que sobre a cotização para pagar o rombo na intervenção a ideia foi dele, Mário Antunes, do Sandro e do interventor. O prefeito concordou com a proposta.

AS CAMERAS

Ademir Souza e Silva afirmou que a gestão da intervenção foi irresponsável e que viu que algumas câmeras de segurança foram retiradas. Ele afirmou que achou estranho e depois de ver o dinheiro jogado nas mesas chegou a comentar com membros da CPI que isso aconteceu “talvez para não se identificar quem pegou o dinheiro”.

 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.