Segunda-feira, 19 Novembro 2018  15:28:54

Investigação da Operação Capitu começou com base em delação de Funaro, diz PF

  • Escrito por  Estadão Conteúdo
Investigação da Operação Capitu começou com base em delação de Funaro, diz PF (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal (PF) informou nesta sexta-feira, dia 9, que as propinas investigadas no âmbito da Operação Capitu eram negociadas, geralmente, com um deputado federal e entregues aos agentes políticos e servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pelo operador Lúcio Bolonha Funaro.

A PF identificou que a JBS dependia de normatizações e licenciamentos do Mapa e teria passado a pagar propina a funcionários do alto escalão do ministério em troca de atos de ofício, que proporcionariam ao grupo a eliminação da concorrência e de entraves à atividade econômica, possibilitando a constituição de um monopólio de mercado.

 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.