Terça-feira, 21 Novembro 2017  17:16:51

Torpedos - 06/09/2017

  • Escrito por  Redação
Torpedos - 06/09/2017 (Foto: Divulgação)

Pode, Arnaldo?

Na Avenida São Carlos, uma cena triste. Primeiro, uma peça metálica atrapalha a passagem de pedestres; depois, mais uma haste metálica impede os estacionamento de veículos.

Engrossou o caldo

O vereador Paraná Filho (PSB) fez um discurso contundente. Chamou Moisés Lazarine (DEM) de ‘pau mandado de pastor’. Ele também revelou que não aceita levar ‘bolada nas costas’ dos colegas de parlamento.

Engrossou o caldo II

O ápice da crise entre os colegas foi a Semana do Evangelho. Ao que consta, Paraná não concorda com a coordenação do evento, a cargo do Conselho de Ministros Evangélicos de São Carlos (Comesc).

Engrossou o caldo III

Paraná Filho falou que não tem votos de igreja e que condena exploração dos fiéis. Quem tomou as dores de Moisés Lazarine (DEM) foi Lucão Fernandes (PMDB) e ambos se estranharam bastante. A impressão de quem estava no plenário era que os políticos chegariam às vias de fato.

Resposta

Lazarine rebateu: disse que não é pau mandado de pastor, mas respeita o seu pastor, Ismael da Silva. A coluna precisa fazer uma defesa do Comesc. Ao que tudo indica, os integrantes querem retirar o viés político do evento, o que estão muito certos.

Vespeiro

Será que o vereador Paraná Filho não mexeu num vespeiro? Perguntar ofende?

Entrave

Hoje, a iluminação pública é um grande problema da gestão Airton Garcia. Chico Loco (PSB) e Dimitri Sean (PDT) reclamaram da iluminação das imediações do Terminal Rodoviário; Rodson Magno (PSDB) elencou o problema da rotatória da Educativa.

Espera

A Prefeitura deixa a seguinte impressão. Vai esperar a aprovação do projeto que diz respeito à Contribuição por Iluminação Pública (CIP). Sobre esse projeto, há muito ruído. Nem todos os parlamentares são favoráveis. É nessa hora que a articulação política faz toda a diferença. E ela? Existe?

Fritura 

O secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo, é vítima de um processo de fritura? O tempo pode responder... Mas voltaremos ao assunto. E temos munição pra isso!

Veto

O veto total do prefeito Airton Garcia (PSB) ao projeto de lei do vereador Robertinho Mori (PSDB), que sugere o teste vocacional aos alunos da Rede Municipal de Ensino, foi rejeitado por 18 vereadores à Câmara.

Compromisso 

O deputado estadual Fernando Capez (PSDB) recebeu o secretário de Saúde, Caco Colenci, e o chefe de Gabinete da Prefeitura, Carneirinho. O parlamentar assumiu o compromisso de destinar duas ambulâncias e um veículo Chevrolet Spin para a Secretaria de Cidadania e Assistência Social.

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Prefeitura Dengue v3
Anacã
Bogas

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.