Domingo, 21 Outubro 2018  12:37:07

Torpedos 19/12 - O mato alto cresce por toda a cidade

  • Escrito por  Da redação

Atenção

Marginal, perto da USP. Perdida em mato. Sem dúvida é um péssimo cartão postal para a cidade. Licitação para a limpeza da cidade? Dizem que em dezembro ocorrerá a publicação em Diário Oficial. Também falam em contratação de empresas para uma frente de limpeza. Vamos esperar. Até quando?

Morosidade

Informações recebidas pela coluna dão conta que a empresa fornecedora de material para o tapa-buracos costuma dar férias coletivas aos seus funcionários. Portanto, o serviço pode apresentar certa morosidade nos próximos dias.

Segurança

Quer levar o seu filho para brincar em praça? As mais adequadas são as do bairro Cidade Aracy. Ué, mas a Prefeitura dá atenção às praças apenas daquele bairro? Não! É que lá, o vereador Leandro Guerreiro (PSB) cuida da manutenção.

Se depender...

As praças que dependem de manutenção da Prefeitura estão um horror. Essa é a verdade. Cadê o projeto “Adote uma Praça”?

Reunião

Os vereadores reuniram-se ontem, na Sala da Presidência, para debaterem aquele projeto que determina: assessores parlamentares precisam de curso superior. Ficou definido que a lei sofrerá algumas mudanças.

Reunião II

Hoje, os assessores precisam de nível fundamental incompleto. Na nova lei, será exigido o ensino médio e não superior. Os cinco cargos de diretores adjuntos não serão criados.

Biquinho

Alguns servidores de carreira não gostaram. Eles viam na criação dos cargos, uma condição de promoção no serviço público. O salário era de mais de R$ 8 mil.

Aceitação

A verdade precisa ser escrita. Muitos vereadores não aceitam salários inferiores aos de alguns servidores. Logo, agem contra o reajuste. A questão salarial dos parlamentares precisa ser debatida em algum momento da história política da cidade. O problema é que, nesse instante, não há clima para isso.

Beijinho no ombro

Cotrim, o ex-presidente do PMDB, estava todo esnobe na confraternização da legenda, no último sábado. Alguns militantes disseram que o ‘ex-todo poderoso’ fez pouco caso e sequer cumprimentou alguns companheiros. Cotrim não é disso, gente! Talvez estivesse sem óculos. A idade pesa para todos.

Inferior

A festa do PMDB sempre congregou centenas de participantes, principalmente aqueles que são chegados em uma ‘boca livre’. Como dessa vez cobraram, a turma ‘arroz de festa’ fugiu do evento.

 

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.