Segunda-feira, 23 Julho 2018  05:49:54

Torpedos 22/12 - São Carlos, a cidade das ruas que parecem queijo Suiço

  • Escrito por  Da redação

Queijo

Situação da rua Major João Mattos Carlos Penteado, no Jardim Beatriz. Os moradores esperam a passagem da Operação Tapa-Buracos com a máxima urgência. A rua tem um fluxo considerável de veículos.

Paciência

Em entrevista à Rádio Intersom FM, o prefeito Airton Garcia (PSB) diz que é uma pessoa muito paciente. Ele reconhece que algumas questões não avançaram em seu governo e pediu paciência à população. Uma pergunta ao prefeito: mas paciência não tem limites? Afinal, caminhamos para um ano com as UPAs fechadas.

Sobre UPAs...

Airton Garcia disse que esgotará todas as possibilidades de contratação de médicos via concurso, porém já deixou claro: se o assunto não avançar, pode contratar Organização Social para suprir a demanda.

Bastidor

Com todo o respeito ao chefe do Poder Executivo, mas precisamos concordar com um político influente, inclusive dentro do atual governo. As entrevistas de Airton Garcia assemelham-se aos filmes pornôs. O roteiro é sempre o mesmo.

Tornozelo

Eduardo Brinquedos acha que fez um bom trabalho à frente da TV Educativa de São Carlos. Em entrevista à Pop FM, elogiou o pagamento das dívidas por Airton Garcia, mas deu uma nota 4 ao governo. Comentou que o prefeito está cercado de pessoas incompetentes.

E mais

Eduardo Brinquedos deu a entender que fizeram uma ‘cama de gato’ para derrubarem o professor Sebá da presidência da Fesc e acredita que João Muller é um politiqueiro que não deveria ingressar no governo. Caramba!

O que falta?

Sabe o que falta para o governo Airton? Um João Pedrazzani e uma Nilsônia Marmo. O ex-secretário de Planejamento e a ex-chefe de Gabinete das administrações petistas de Newton Lima e Oswaldo Barba, primeiro, eram fiéis. Segundo: ajudavam os prefeitos a tocarem a Prefeitura com mãos de ferro. Hoje, não vimos cargos de confiança desse naipe na gestão Airton. Bom, de Altomani é melhor não comentar...

Plenos poderes

Quem aposta na queda do secretário de Governo, Edson Fermiano, tire o cavalo da chuva. Faz dois meses, houve a publicação de um decreto que dá plenos poderes ao cidadão.

Café

O presidente da Câmara, vereador Julio Cesar (DEM) ofereceu um café da tarde aos repórteres setoristas do Poder Legislativo. No ano que vem, ele disse que aproximará a Câmara do cidadão, abrindo a possibilidade da sugestão de leis e de conhecer os meandros da sua prática. A iniciativa é legal. Pena que são poucos que se interessam por política.

Deu liga?

E a tal liga? (será que desligou?) cujos membros esperneavam no plenário da Câmara? Eles prometiam uma devassa nas contas públicas, mas... agora estão caladinhos, caladinhos! E mais: por que só mexiam com a Câmara e não com as contas da Prefeitura? Como diz o caipira: tem macuco no ‘borná’

Avalie este item
(1 Votar)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.