Quinta-feira, 18 Janeiro 2018  22:42:51

Torpedos 09/01 - Airton, o perseguidor

  • Escrito por  Da redação

Bom pra quem!

Nelsinho Pereira ironiza o prefeito Airton Garcia em placa de trânsito. Mas será que está acordado para acompanhar a piada?

Balcão

A impressão que se tem é que Airton Garcia, de fato, governa para atender a interesses pessoais. Enquanto está interessado em comprar uma fazenda de R$ 4,5 milhões e o prédio da Faber Castell por R$ 20 milhões, a população corre o sério risco de ficar sem o transporte público.

As pesquisas...

É por isso que as pesquisas internas, elaboradas por políticos de São Carlos, deixam tudo bem claro: o povo não acredita em evolução desta administração.

Pior

Nas ruas de São Carlos, chamam Airton Garcia de prefeito ‘fake’. Como o alcaide tem o costume de ser o vencedor em tudo, ele corre a passos largos para conquistar o título de pior prefeito da história carlopolitana. E isso não será ‘fake’. Que horror!

E a Câmara?

Enquanto a cidade pega fogo, os vereadores curtem as férias. Talvez de Rider nos pés. O parlamento assiste ao caos de camarote. Que tristeza! Esta legislatura também caminha para ser a pior da história política de São Carlos.

E o Tavares?

E agora, Tavares? Cadê as 20 empresas do transporte coletivo? O suprassumo das letras jurídicas é mais um engodo.

Cálculo

Segundo o empresário Claudinei Brogliato, numa licitação do transporte público para 10 anos, qualquer empresa pode investir R$ 20 milhões. Para ele, uma licitação com valor da passagem a R$ 3,50, sem o subsídio, afugentará empresas sólidas. Só aventureiros podem aparecer.

A frase

Chama bastante a atenção a frase do empresário Claudinei Brogliato, mais um desabafo: “Acho que sou perseguido e sinto muita maldade. Acredito que as autoridades políticas não devem pensar no empresário e sim na população. Se não gostam desta empresa, deixem a gente ir embora. Se gostam da antiga [Athenas], sintam-se à vontade para retornar com ela”,

O problema...

É que a Justiça impede a participação da Athenas de qualquer certame licitatório.

Respeito

Árvore impedia a passagem na Sete de Setembro, em frente ao prédio anexo da Câmara de Vereadores. A cena foi flagrada na manhã de ontem.

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Anacã

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.