Quarta-feira, 15 Agosto 2018  18:42:39

Torpedos 17/01 - Airton tem plano B? Até agora é plano I. I de incompetência

Irregular

Os espaços vazios do Residencial Eduardo Abdelnur começam a ser usados como depósito de entulho. Uma pena que inúmeros cidadãos não têm consciência cidadã.

Mágoa

A ativista Ângela Lopes demonstrou ontem, em entrevista à Rádio Universitária FM, que ainda alimenta mágoa do vereador Leandro Guerreiro (PSB). Para quem não se lembra, no ano passado, o parlamentar bateu de frente com os ativistas LGBT.

Precário

Na opinião de Ângela Lopes, o parlamentar não sabe qual é o real papel de um vereador e classificou o mandato dele como ‘precário’. Será que as polêmicas serão retomadas?

Caldeirão

Sem as sessões da Câmara, é bem verdade, as polêmicas se reduzem a pó. Alguns discursos de parlamentares não acrescentam nada ao debate, porém outros são bem interessantes.

Pinóquio

Mais uma vez, a administração Airton Garcia (PSB) demonstra sua ineficiência. O tão esperado edital da licitação do transporte público não foi publicada no Diário Oficial de ontem.

De duas uma...

Ou Airton Garcia mente sobre o edital ou o seu corpo administrativo de cargos de confiança sofrem com a falta de competência. Por sinal, duas frases que Airton repete com insistência: “não tem varinha mágica” e que “edital será publicado”. No segundo caso, só não diz quando. Talvez porque não saiba a data.

Plano B

Airton Garcia diz que um Plano B para o transporte. Por enquanto, o Plano é I. I de incompetência.

Bomba

A entrevista do ex-prefeito Paulo Altomani (PSDB) repercutiu bastante. Nela, o político chama o Airton Garcia (PSB) de vigarista. Quem se lembra daquela profecia de Altomani? “que sentiriam saudade dele em 90 dias”. Será que o povo está sentindo saudade do ex-prefeito ou apenas está desapontado com o atual? O tempo dirá.

Pesquisa

Conforme já divulgado, os institutos de pesquisas eleitorais estão obrigados, desde 1º de janeiro de 2018, ao registro de suas pesquisas na Justiça Eleitoral, nos termos da Resolução TSE n° 23.549, de 18/12/2017, que disciplina os procedimentos relativos ao registro e a divulgação de pesquisas de opinião pública para as eleições aos cargos de Presidente da República, Governador de Estado e do Distrito Federal, Senador e Deputados Federal, Estadual e Distrital, para as eleições de 2018.

Pesquisa II

O registro de pesquisa será realizado via internet, e todas as informações deverão ser inseridas no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais - PesqEle. O registro ou sua divulgação poderão ser impugnados pelo Ministério Público Eleitoral, os candidatos, os partidos e as coligações.

Avalie este item
(1 Votar)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.