Quarta-feira, 15 Agosto 2018  18:42:08

Torpedos 01/02 - Airton faltão, a calamidade das ruas e o Guerreiro

  • Escrito por  Da REDAÇÃO

Calamidade

Situação da rua Antônio Luiz Zanchim, no Cidade Aracy. Intransitável. Os moradores dizem que estão esquecidos pelo Poder Público. Votou 40? Então, aguenta! E nem precisa ser marqueteiro dos bons para bolar um slogan desse.

Depois da pancada...

Marquinho Amaral (MDB) bateu de jeito na administração. Mostrou a imundície no antigo Pronto-Socorro da Avenida São Carlos e a administração Airton Garcia mandou limpar. Uma pena que um governo tão incompetente como este funciona apenas na base da pressão.

Valor

O estafe do governo Airton Garcia sabe que se não atender às demandas de alguns políticos influentes e de boa articulação na Câmara, estará fadado ao fracasso. Só para constar: depois do colapso no transporte público, a atual administração está com um pé no fundo do poço.

Pão de ló

Para esse papel, um dos escalados é o secretário de Esportes, Edson Ferraz. O moço trata com carinho os vereadores. Faz até cafuné. É por isso que alguns dos nobres edis defendem Ferraz na Secretaria de Governo.

Competência

A competência é a marca do governo de Airton Garcia (PSB). Mais uma vez, nenhum representante da Prefeitura apareceu no Ministério Público do Trabalho (MPT) para o acordo trabalhista com os funcionários da Suzantur.

Competência II

O chefe de Gabinete da Procuradoria Jurídica, Ademir Souza e Silva, fez um contato telefônico com o Ministério Público do Trabalho informando que não recebeu notificação acerca da audiência. O contato aconteceu às 15h10 de ontem. A audiência estava marcada por volta das 15h.

Regularidade

A Suzantur, no período que antecedeu a intervenção, apresentou as certidões de regularidade do FGTS e INSS. A partir de agora, as rescisões que vencerem deverão ser pagas pelo município, com datas após a intervenção. As rescisões se referem aos trabalhadores que, pelo acordo, não aceitaram a permanência no cargo.

Prazo

 

O Sindicato dos Empregados em Transporte Rodoviário de São Carlos tem até o dia 9 de fevereiro para informar o cumprimento do acordo, diz a procuradora do trabalho, Lia Magnoler Guedes de Azevedo Rodriguez.

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.