Quarta-feira, 12 Dezembro 2018  18:20:05

Torpedos 25/03 - A árvore e o dr. Marília

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

Caiu!

Na pista de ciclismo do Aracy, uma árvore caiu. Talvez resultado das chuvas dos últimos dias.

Reclamação

Ainda sobre a chuva: moradores do Grande Santa Felícia reclamam da capinação na Miguel Petroni. Os restos de mato foram deixados nos canteiros e, em seguida, choveu. Como resultado, entupimento das galerias de águas pluviais.

Possibilidade

Os moradores prosseguem: dizem que o trabalho sincronizado – capinação e recolhimento – se faz necessário para evitar dissabores.

Tendência

A Prefeitura realizou, na última semana, Pregão Presencial para a contratação de serviços médicos para atender à Secretaria de Saúde. O valor inicial era de R$ 4,656 milhões.

Vitoriosa

A Organização Social Omesc ofereceu R$ 2,808 milhões. Essa Organização é composta por médicos do então Hospital Escola e, sinceramente: depois que começaram a prestar serviços na UPA Vila Prado, o índice de reclamações reduziu drasticamente.

Tendência

Há duas semanas, o médico Marcus Bizzarro, que foi Secretário de Saúde na administração Oswaldo Barba, concedeu uma declaração sincera à Rádio DBC FM. A tendência é a contratação de Organizações Sociais para suprir o déficit de médicos na Rede Pública de Saúde.

Tendência II

O Sindicato que defende os funcionários públicos sente arrepios ao ouvir tal declaração, mas é a realidade dos fatos. Os salários pouco atrativos não atraem os médicos a ingressarem no funcionalismo.

Lei e ordem

Enquanto alguns oportunistas de plantão ficam fazendo protestos, a equipe da Prefeitura segue a buscar soluções jurídicas e legais para atender às demandas dos sem teto, respeitando principalmente a opinião do Ministério Público e da Justiça.

Fase

A nova chefe de Gabinete da Habitação, Valéria Baltazar esteve na Secretaria de Habitação e se apresentou a todos os funcionários. Dizem que chegou na humildade, respeitando os funcionários de carreira e os seus conhecimentos.

Saudade?

Depois de muitos esforços, os funcionários da Secretaria de Transporte e Trânsito conseguiram colocar a casa em ordem. O Doutor de Marília não deixou saudade.

Lembrando

O Doutor de Marília deixou quase 100 processos para serem analisados na Procuradoria Geral do Município. Muitos prazos foram perdidos e o tamanho do prejuízo é incalculável.

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.