Quarta-feira, 17 Outubro 2018  13:50:34

Torpedos 19/05

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

Resíduos

Cemei Homero Frei, no Santa Felícia. Segundo o professor Fábio Jamaica, há o descarte irregular de resíduos. O povo também não ajuda.

E o Zé?

Fala-se muito, na CPI da Intervenção, sobre a convocação do advogado Ademir Souza e Silva. Mas nada se fala a respeito do senhor Zé Sardelli. Este cidadão circulava feito um barão pelas dependências da Suzantur.

Bagunça

À Rádio DBC FM, Ademir Souza e Silva confidenciou que o dinheiro ficava todo espalhado pelas mesas da Suzantur, o que demonstra um total desrespeito ao dinheiro arrecadado nas viagens. Zé Sardelli talvez teria muito a esclarecer aos nobres parlamentares. O que ele fazia na empresa de transporte no período de intervenção? Quanto ganhava? Quem determinou a sua presença por lá?

Refrescando

Só para refrescar a memória do mais seleto leitor desta coluna, o secretário de Fazenda, Mário Antunes, foi à polícia e denunciou o sumiço de R$ 56 mil.

Cantar

O pau promete ‘cantar’ nas próximas sessões camarárias. Vereadores confidenciam não suportar a convivência com Paraná Filho (PSB). Dizem que o jovem parlamentar é arrogante, petulante e interfere em projetos de interesse da comunidade, com o único propósito de prejudicar os colegas de parlamento.

Breque

Ainda de acordo com vereadores consultados pela coluna, por ser o presidente da Comissão de Justiça e Redação, Paraná Filho trava o andamento dos processos por inveja dos demais políticos. O vereador quer todos os holofotes direcionados à sua pessoa. Sinceramente, este moço deve estar perdido no aspecto político.

Protesto

Nas redes sociais, consumidores organizam um protesto contra o preço abusivo cobrado pelo litro dos combustíveis. Em São Carlos, há posto cobrando R$ 4,40 o litro da gasolina.

Protesto II

O etanol baixou R$ 0,10 – sai, em média, R$ 2,69. Mesmo assim, os consumidores consideram um valor elevado na comparação com cidades da região. A concentração ocorre às 10h, perto do Sesc, na Comendador Alfredo Maffei.

Atenção

O protesto visa chamar a atenção com cartazes e buzinaço. Na sexta-feira passada, os consumidores abasteceram R$ 1 e pediram o cupom fiscal. Alguns pagam com cartão de crédito.

Da série buzinaço

A sexta-feira, 18, foi marcada por buzinaço de motociclistas na praça de pedágio da Rodovia Atílio Balbo, em Sertãozinho. O motivo é o início da cobrança da tarifa de pedágio para motos nas rodovias da região de Ribeirão Preto. Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a cobrança passou a valer também para as praças de pedágio em Ituverava (SP), Pitangueiras (SP) e Sales Oliveira (SP). Os valores variam de R$ 2,85 a R$ 5,50.

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.