Quarta-feira, 12 Dezembro 2018  01:25:40

Torpedos 31/05

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

Isso é protesto?

O povo usa a rede social para reclamar do preço do combustível, mas enfrenta uma fila de quatro horas em busca de míseros litros de etanol. Vai entender...

Desespero

Algumas situações registradas nos postos de combustível são, no mínimo, pitorescas. Um cidadão possuía um carro a gasolina e entrou na fila de um posto na Avenida Sallum. Ao saber que o estabelecimento só possuía etanol, não titubeou.

Desespero II

O cidadão abasteceu com etanol e colocou um aditivo para tapear o motor. Agora, basta saber se o motor aceitará ser tapeado.

Deslealdade

Alguns proprietários de postos de combustíveis estão indignados. Eles querem saber como um ou outro estabelecimento recebeu etanol durante a greve, sendo que a refinaria e os postos de distribuição estavam cercados por caminhoneiros.

De saída

Conforme antecipado pela coluna de terça-feira, 29, o vereador Chico Loco (PSB) explicou, durante a sessão, o motivo de deixar a Mesa Diretora da Câmara. Está assoberbado de trabalho e não consegue comparecer todos os dias no Legislativo.

Vezes

Loco disse que não consegue aparecer mais que três dias por semana na Câmara. O que será que o eleitor dele acha disso?

Cacetadas

Por três semanas consecutivas, o vereador Robertinho Mori (PSDB) ataca a Secretaria de Transporte e Trânsito. Ele está indignado pelo uso de tintas na pintura de faixas. Coca usa as cores azul e branca.

Pertinente

Na Santa Casa, por exemplo, faz um tempão que não há sinalização adequada. Em muitos bairros, as faixas de pedestre e lombadas não recebem um banho de tinta faz muito tempo.

Intervenção

Nos horários de pico, a situação da Escola Estadual Militão de Lima é terrível. Em função do trânsito desorganizado, as crianças correm sério risco, inclusive de atropelamento.

Rapidez

Segundo o vereador Roselei Françoso (Rede), as escolas particulares são atendidas com uma rapidez daquelas. Enquanto as escolas públicas padecem.

Produtos

Há uma preocupação enorme do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) em relação aos produtos químicos. Dentro de 5 dias, os insumos devem acabar.

Reclamação

Professores da Rede Municipal de Educação começam a reclamar das impossibilidades de deslocamento às escolas. Dizem que não conseguem abastecer mais os carros.

HU

O Hospital Universitário possui em seu quadro médicos de outras cidades da região. Por falta de combustível, muitos apontavam dificuldades em deslocamento. O mesmo aconteceu com profissionais da Unidade de Pronto Atendimento da Vila Prado (UPA).

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.