Sexta-feira, 17 Agosto 2018  20:29:26

Torpedos 03/06

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

O passado...

Há 32 anos, inaugurava-se o Calçadão da General Osório, lembra o cronista Cirilo Braga, o presidente da Associação São-carlense de Letras (se existisse, certamente o seria). De lá pra cá, muita coisa mudou. Lojas se foram e outras ocuparam o espaço. O tema é polêmico, mas independente de opiniões, o fato é que a região precisa de revitalização e o presidente da Acisc, Zelão, juntamente com o secretário de Transporte e Trânsito, Coca Ferraz, botaram o dedo nesta ferida.

Urbanistas

Muitos urbanistas são contrários à abertura do Calçadão. Dizem que a medida vai tirar os privilégios dos pedestres. Tá. Mas esses mesmos urbanistas são representados por uma associação. E o que propuseram para revitalizar o centro de São Carlos em parceria com a Acisc?

Investimento

Para a realização da primeira etapa está previsto um investimento de aproximadamente R$ 100 mil. Já para a aquisição dos mobiliários, segunda etapa do projeto, estão previstos R$ 70 mil. Para a terceira etapa que é a da fiação subterrânea o investimento deve chegar a R$ 200 mil. O investimento é infimamente baixo.

Lembrando

Dizer que o Calçadão vai deixar de privilegiar o pedestre é um argumento simplista demais. O secretário Coca disse, por diversas vezes, que as calçadas do Boulevard permanecerão largas e, por vez, será possível a passagem de apenas um veículo.

Grita

Não é de hoje que Coca Ferraz é criticado por suas intervenções no trânsito. Quando tornou a Avenida São Carlos mão única de direção foi a mesma coisa.

Né?

São-carlense reclama de ficar quatro horas na fila da gasolina, mas se fica uma hora na fila da UPA, abre o bocão.

Meta

O novo secretário de Saúde, Marcos Palermo, tem como meta abrir a UPA do Santa Felícia. Além disso, deve seguir o legado de Caco Colenci. Conforme reportamos nesta coluna, o ex-secretário de Saúde fez economia em diversas compras da pasta.

Trabalho

Carneirinho é chefe de Gabinete de Airton Garcia e está se desdobrando, em Brasília, em busca de recursos. O trabalho dele demonstra a necessidade de se criar, na Prefeitura, um núcleo de projetos, para não se perder verbas.

Fiscalização

O Procon de São Carlos fez um trabalho exemplar na fiscalização dos postos de combustíveis que abusaram dos preços diante da escassez. Tem rabo de empresário que ainda vai arder bonito. É só aguardar. A Fiscalização de Posturas também faz um bom trabalho.

Felicidade

Tem mecânico pra lá de feliz em São Carlos. Os desesperados da gasolina, que ficaram horas e horas numa fila, não sabem o tamanho dos prejuízos. Aliás, alguns já sabem sim.

Não convidem...

... Paulo Altomani e Gustavo Pozzi para um cafezinho. O ex-prefeito de São Carlos não digeriu o voto do parlamentar acerca das contas da administração 2014. A lavação de roupa suja ocorreu no Facebook. E o prefeito expeliu todos os favores supostamente feitos à família do vereador nas redes sociais.

Rebate

Gustavo Pozzi não deixou por menos. Disse que nunca condicionou favor a voto e afirmou que foi boicotado em uma eleição pelo grupo de Altomani. É isso.

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.