Sábado, 18 Agosto 2018  17:08:21

Torpedos 09/08

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

É guerra!

Essa é a situação de uma das ruas do bairro Romeu Tortorelli. Ali, nem tapa-buracos resolve. Os moradores não suportam mais tamanho descaso.

Confidência

Vereadores e assessores parlamentares confessaram à coluna que o secretário de Obras Públicas, Reginaldo Peronti, esteve com os vereadores na última terça-feira e, para dar aquela ‘ensaboada’, sugeriu que os mesmos indicassem ruas para a Operação Recape.

Confidência II

Só para resgatar os fatos: na última terça-feira, os vereadores aprovaram o projeto de abertura de crédito de R$ 20 milhões para o recapeamento de ruas de São Carlos. O recurso é do Desenvolve SP. Agora, cabe uma perguntinha: em vez de fazer politicagem, não é melhor usar critérios técnicos na escolha das ruas? Perguntar ofende?

Insuficiente

O próprio prefeito Airton Garcia (PSB) admite: R$ 20 milhões são insuficientes para recuperar toda a cidade. A cidade precisa de, no mínimo, R$ 100 milhões.

Desejo

A coluna deseja toda a sorte do universo ao prefeito Airton Garcia, que deve submeter-se a um transplante renal em breve.

Gol

A administração Airton Garcia faz um gol de placa ao conquistar a escritura dos apartamentos da CDHU. O conjunto habitacional da Vila Isabel foi inaugurado em 2004. E até hoje, os moradores não possuíam a documentação. Newton, Barba e Altomani tentaram regularizar a situação, mas não conseguiram.

Fogos

Agora, a Prefeitura precisa capitalizar essa conquista. O governo não é tão bem avaliado nas pesquisas e todo o feito precisa de potencialização para melhorar a imagem do governo.

Moral

Na última terça-feira, o vereador Paraná Filho (PSB) cobrou uma postura ética dos vereadores. O presidente da Câmara, Julio César (PR), lembrou que para manter postura ética o parlamentar não pode usar a tribuna para chamar prefeito de bandido, chefe de quadrilha e outros termos pesados. Pra quem será o destino do recado?

Eleições

Com o fim do prazo estabelecido para as convenções partidárias, as agremiações têm até 15 de agosto para requerer o registro dos candidatos para as Eleições 2018. Do número de vagas, cada partido ou coligação deve preencher o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo.

Identidade

Em março deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que os candidatos transgêneros serão considerados conforme os gêneros com os quais se identificam.

Financiamento

Em relação ao financiamento de campanhas, os partidos políticos devem reservar pelo menos 30% dos recursos do recém-criado Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), conhecido como Fundo Eleitoral, e do Fundo Partidário tradicional para financiar as campanhas de suas candidatas. O pleito de 2018 será o primeiro a ser disputado com o FEFC, fundo público que distribuirá R$ 1,716 bilhão aos partidos.

Este não é bezerro

A atual administração, que prometeu desmamar bezerros, mas que mamou um bando de bois, acerta ao nomear o ex-vereador Penha para a diretoria do  Departamento da Defesa da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.